Pedal para Guitarra: Tipos de pedais de efeito

Faz uns 2 meses, meu primo me mandou uma mensagem pedindo uma ajuda. Ele queria saber quais os efeitos utilizados na Time Stand Still (Rush) pra ele tentar emular na pedaleira.  Me usei de um pouco de experiência e um pouco de Google (foi fácil achar umas referências, mesmo que de outras músicas da banda) e sugeri uma regulagem. Depois ele me ligou e ficamos falando um pouco sobre os diferentes tipos de pedais de efeito, uma questão normal para qualquer guitarrista. Qual pedal para guitarra serve para quê?
Pedalboard irada

Pedalboard Irada!

Então nos próximos posts vou listar aqui os principais tipos de efeitos, mais comuns e algumas referências.

Os mais comuns (me avisem se esqueci de algum):
  • overdrive/gain/boost: ampliam o sinal, geralmente dando ganho sujo (ruído) ou “empurrando” os pedais seguintes ou amplificador. Sendo assim, são muito utilizados para que o amplificador valvulado sofra maior distorção com volumes menores. Isso acontece em menor escala nos amplificadores transistorizados. Tenho uma explicação básica sobre esses pedais aqui, junto com os de distorção.
  • distorção: overdrive acentuado, provocando muito mais ruído no sinal. É um dos pedais mais comuns, para se obter o som de heavy metal, por exemplo (estou sendo bem genérico aqui…). Aqui um post sobre pedais de distorção.
  • chorus, delay/echo: efeitos de modulação, ou seja, que modificam o padrão das ondas sonoras do sinal, com características peculiares. Explico mais aqui nesse post.
  • wah: não deixa de ser um efeito de modulação, mas é muito conhecido e diferenciado pelo som de “wáá”.  Aqui um vídeo demonstrando um pedal wah-wah Jimi Hendrix JH-1 e aqui um post sobre algumas modificações que podem ser feitas.
  • phaser / flanger: efeitos de modulação muito parecidos entre si (e confundidos), produzem como uma ‘onda’ de fundo. Quem ouviu Eddie Van Halen sabe do que estou falando. 
  • compressor: comprime a onda sonora, reduzindo a dinâmica. Um pouco difícil de explicar, eu tento explicar um pouco aqui.
  • tremolo: um pedal de construção simples que reduz e retorna ao normal o volume do sinal de forma intermitente, parecendo que alguém está mexendo no volume pra cima e pra baixo. Aqui um post sobre pedal de tremolo.
  • equalizador: o próprio nome já diz. Permite ajustar o volume / ganho separadamente para cada faixa de frequências.
  • noise gate/supressor: ajuda a reduzir o ruído no sinal, especialmente quando nenhuma nota está sendo tocada. Funciona especificamente para ruídos de distorção e outros efeitos, não sendo muito eficiente para reduzir ruídos de linha elétrica ou interferência captada pelos captadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>